quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

MUTAÇÕES FÍSICAS NO CORPO HUMANO !

MUTAÇÕES FÍSICAS NO CORPO HUMANO?

Imagem do Google

PORQUE É QUE ISSO ACONTECE?

Eis a resposta, a finalizar a entrevista que tenho vindo a publicar, do Dr Almerindo Lessa :

 “ Por inadaptação. A evolução da sociedade andou mais depressa que a evolução das mentalidades. Nós não estamos biologicamente adaptados, ao progresso que criámos, o nosso corpo não está preparado para a vida atual, não acompanhou o desenvolvimento do cérebro, ficou para trás.

Imagem do Google

 Há uma orientação, um destino nesta linha evolutiva… da primeira célula viva ao primeiro ser vivo organizado réptil, macaco ou Homem, há um aperfeiçoamento inegável.

AONDE IRÁ DAR?

Não sei. Até hoje, nenhum a provocação feita ao homem pela natureza , ou pelo próprio homem, ficou sem resposta. Nenhuma. A aceleração das nossas reações é cada vez maior. É precisamente para essa aceleração que não estamos biologicamente preparados. Carregamos muitas inutilidades …


Imagem do Google

TAIS COMO?

Como dois pulmões, dois rins, para que é que continuamos a ter dois pulmões, dois rins? Um chegava perfeitamente; aliás há muita gente que só tem um. Para quê possuir um intestino de boi, compridíssimo, se a nossa alimentação está desfasada dele?

ANTEVÊ MUTAÇÕES FÍSICAS NO CORPO HUMANO?

Sim , tem de as haver !

PARA BREVE?

A natureza só se modifica espontaneamente de 300 mil em 300 mil anos. De 300 mil e 300 mil anos, acontece qualquer coisa de novo no nosso organismo.

FOI ASSIM QUE CHEGÁMOS À FORMA ATUAL?


Imagem do Google
Foi .

NÃO O ATEMORIZAM ESSAS TRANSFORMAÇÕES?

Não . Sou otimista, profundamente otimista em relação ao futuro.

E AO PRESENTE? AS PESSOAS ESTÃO COM TANTO MEDO.

Estão. Aproxima-se o fim do milénio e isso assusta-nos (lembro, caros leitores, que isto foi dito em 1993). Anuncia-se o fim do mundo para o ano dois mil e ano dois mil é já amanhã.  Há  profetas, como  Isaías,  como,   S. Mateus,  que  dizem que o Apocalipse 

Imagem do Google

  vai dar-se no ano 2016. Está a gerar-se um sentido de catastrofismo que,  se não for esvaziado, pode ser gravíssimo.  É necessário começar a fazer  uma grande  pedagogia nesse sentido.  Qualquer acontecimento mais insólito  torna-se  suscetível  de provocar alarmes   em   cadeia.   Um meteorito  que caia,  um  acidente  atómico que se  dê pode desencadear fenómenos de histeria.
 Os responsáveis pelos Institutos de Futurologia de Havard, Paris e Tóquio estão muito apreensivos, receiam ondas de pânico que levem multidões, com crises psicológicas e físicas, aos hospitais. Isso seria terrível. É preciso criar a ecologia do homem. Preocupamo-nos muito com a ecologia dos rios e das plantas, mas esquecemo-nos da do homem. Precisamos de 


Imagem do Google

humanizar a natureza, o ambiente, a sociedade, a técnica, a comunicação, a cultura, precisamos de crer, de ter esperança no futuro e, sobretudo em nós.

Espero que tenham gostado e aconselho que guardem, numa pasta, toda esta entrevista para que o seu conteúdo não se perca e que nos lembre também, no futuro, o Dr Josué de Castro que foi dar conselhos ao Mao Tsé Tung e ele aceitou-os.
Lamento, finalmente, que passadas duas décadas (1993- 2014) as situações que foram abordadas, na sua maioria, ainda continuem  atuais.

abibliotecaviva.blogspot.pt

23-01-2014.