domingo, 6 de abril de 2014

POESIA DESENHADA

GARRAFA E VINHO
A
G        A
R        R     A
F        A
COMOÉ BOM
DO RONCOM
BEBER TANTO VINHO!
DE   ARRUÉDA,
E  VENTOZELO
 PÔEM   O PÊLO
EM  LAVAREDA!
DE PROVESENDE
E DA   BOA VISTA
BEM    S´ENTENDE
ENTRAM NA LISTA.
OH!   QUE  ALEGRIA
NESTE        BOM  DIA
         NOS            VAI        DAR          
O NOSSO NOBRE AMIGO
QUE    NOS MANDA   ENXUGAR
DESTE LICOR FIDALGO TÃO ANTIGO
TANTA GARRAFA DE CRISTAL LUZENTE
NA GARGANTA JÁ SINTO UM FOGO ARDENTE
E,       É PRECISO           APAGÁ-LO     SEM DEMORA.
VENHA ESSE VENOZELO! OH COISA ENCANTADORA!
CÁ VAI! 0H QUE PRAZER! QUE DITA! COM QUE GLÓRIA
DESTE  FESTIVO    DIA    HÁ – DE      EX ISTIR     MEMÓRIA !
PROLONGUE-SE           TERRA   , ALÉM  DOS    ASTROS SUBA
 A FAMA , O GRANDE   NOME DESTE    HERÓI           SUBLIME,
FÓSSIL             HABITADOR           DA     MAIS JANOTA CUBA ?
CÁ VAI MAS COM QUE          GOSTO A LINGUA SE COMPRIME
    EMPERRA ,                    BALBUCIA, E  DE  FALAR DE EXIME!
DEPRESSA … ANTES  QUE CHEGUE O SONO CARIDOSO
LEVANTEMOS UM -VIVA -AO HOMEM GENEROSO
QUE   A BONDADE EM MOSTRAS INFINITAS
NOS DEU GARRAFAS TÃO BONITAS.
Fonte:
O Grande Livro do Vinho do Vinho de J. Duarte Amaral, pagina 211».
Deixo-vos com uma quadra da sabedoria popular alusiva ao tema «copo de vinho»:
O PRIMEIRO    BEBE-SE CHEIO,
O SEGUNDO       ATÉ AO FUNDO,
O TERCERO COMO O PRIMEIRO,
O  QUARTO COMO  O   SEGUNDO.
Sempre cheio! (risos).
Chamo a atenção para o conselho do médico na imagem seguinte, e para o tamanho do copo que pode causar , uma ligeira indisposição , (Risos) pelo que, nestas situações,  é aconselhável  a leitura do provérbio seguinte:


«Se bêbado te vires sentir, foge à companhia e vai dormir».

Esperando que gostem, deixo aqui, com algum humor, um louvor à Universalidade da Poesia e ao bom vinho.
Publicado por;

Imagens do Álbum do Autor e do Google
abibliotecaviva.blogspot.pt
05-04-2014